23 novembro 2018 • Instituto Aurora

Humans

Seu fim de semana pode ser transformador se você dedicar alguns minutos para assistir ao documentário “Humans”. Dividido em episódios compostos por depoimentos de milhares de pessoas de diversas partes do mundo, Humans nos mostra o quanto existe uma humanidade comum entre todas as pessoas. A dica é da Michele Bravos, diretora-executiva do Instituto Aurora.

 

“Para mim, uma das partes mais marcantes deste documentário é quando um rapaz confessa ter cometido ‘o pior crime de todos’, como ele define. “O homicídio de uma mulher e de uma criança”. Ele relata que sofria violência física por parte do pai e com ele aprendeu que o amor se expressava pela dor. Minha amiga Fernanda Celano, com quem compartilho a direção do Instituto Aurora, ensinou a mim que a dor que não se transforma é transferida. Aquele homem, portanto, apenas aprendeu a transferir a própria dor. Não aprendeu a amar. Não lhe foi dada a oportunidade de transformar a dor que ele vivenciou durante toda a infância. Mas tudo mudou quando ele conheceu a mãe (e avó) das pessoas que matou. Aquela mulher lhe deu a oportunidade de toda dor ser transformada, por meio de uma atitude corajosa de perdão. Alguém, enfim, ensinou aquele homem a amar”.

“Human” está disponível no Netflix e no YouTube. Para assistir no YouTube, clique aqui.

 

A sugestão no Instagram pode ser vista aqui.

Gostou desse conteúdo?

Assine a nossa newsletter e receba notícias do Instituto Aurora em seu e-mail.